top of page
Buscar

Visão geral do mercado — Fev/24


O ano de 2023 foi bastante desafiador para quem investe no mercado global. As altas taxas de juros norte-americanas trouxeram incertezas para investidores, inclusive aqueles envolvidos com a atividade de M&A — que se encontrava desaquecida desde meados de 2022.


Contudo, a expectativa de que o Fed (Federal Reserve) não aumentaria os juros nos EUA em 2024 gerou uma onda de otimismo nos mercados mundiais. Portanto, muitos esperam que esse possa ser o ano de retomada do mercado de fusões e aquisições, podendo trazer grandes oportunidades.


Neste boletim, você acompanhará os destaques do início de 2024 para esse ambiente, além de saber o que esperar ao longo do ano.


Acompanhe!


Destaques de fevereiro de 2024


O mês de fevereiro de 2024 contou com grandes movimentações, tanto no Brasil quanto no exterior, que impactaram o desempenho econômico de diversos setores. Confira os principais acontecimentos do período!


Cimed faz primeira aquisição em 10 anos

No final de 2023, a gigante farmacêutica Cimed anunciou a sua primeira aquisição desde 2013. A companhia adquiriu a R2M, uma empresa brasileira que domina o segmento de lenços umedecidos no país — que vende R$ 7 milhões de produtos por ano.

A aquisição visa diversificar o portfólio de produtos da farmacêutica e aumentar a sua participação no mercado nacional. Com a compra, a Cimed espera alcançar um faturamento recorde de R$ 3 bilhões no ano, representando um crescimento próximo de 15% em relação ao seu último exercício.


Adobe e Figma cancelam fusão

Anunciada em 2022, a fusão entre a empresa de software Adobe e a plataforma de design Figma foi oficialmente cancelada. A transação envolveria uma movimentação em torno de US$ 20 bilhões e criaria uma gigante do mercado de ferramentas gráficas.

Porém, o cancelamento se deu em razão da resistência de órgãos reguladores europeus, como a Comissão Europeia e a U.K. Competition and Markets Authority. A preocupação lançada pelas agências reguladoras era referente à criação de um monopólio que seria nocivo para o segmento.


Possível fusão da 3R e PetroReconcavo

A 3R Petroleum (RRRP3) informou ao mercado que a empresa Maha Energy atingiu 5% de seu capital social, e sugeriu uma fusão com a PetroRecôncavo (RECV3). A proposta seria fazer uma operação conhecida como carve-out.

Nela, os ativos onshore da 3R seriam combinados com a PetroRecôncavo. Com isso, a Maha Energy manteria o controle de seus ativos offshore, e seus acionistas receberiam ações RECV3. A resposta deveria ser dada até o final de fevereiro, sendo que a execução ficaria entre o 2º e o 3º trimestre de 2024.


Carrefour integra Sam's Club

O jornal Valor Econômico noticiou que o grupo Carrefour Brasil — dono das marcas Carrefour, Atacadão e Sam’s Club — está reorganizando suas operações. A rede tem encontrado desafios não esperados com ativos do Grupo BIG, adquirido há 3 anos, tendo que fechar diversas lojas.

Com isso, o Carrefour pretende deixar as operações do Sam’s Club, vindas com a compra do Grupo BIG, sob o mesmo comando da bandeira Carrefour. Apesar da publicação da matéria, o grupo não se manifestou sobre o assunto para o mercado.


Valgroup realiza aquisição da Mirvi Brasil

Com o objetivo de ampliar seu portfólio, a Valgroup, líder na produção e reciclagem de embalagens plásticas, adquiriu a Mirvi Brasil, uma das principais fornecedoras de tampas plásticas do país. Destaca-se que ambas eram concorrentes na produção de tampas para o mercado de garrafas PET.

Com a aquisição, a Valgroup absorve a carteira de clientes da Mirvi, reforçando a liderança e capacidade técnica em sua área de atuação. Além dessa incorporação, a companhia pretende continuar investindo para aumentar a produção e atender à demanda dos seus clientes.


Incentivo para o setor de informática

A Câmara dos Deputados aprovou o PL (Projeto de Lei) nº 13/2020, que prorroga o prazo de vigência do incentivo fiscal para o setor de informática. Ele integra a Lei nº 13.969/2019, beneficiando empresas de TIC (tecnologia da informação e comunicação) em troca de investimentos em pesquisa.

Com a aprovação da proposta, itens e serviços produzidos conforme processo produtivo básico terão o benefício prorrogado até dezembro de 2029. Já para aqueles fabricados com tecnologia desenvolvida no país, o inventivo durará até 2050. Em fevereiro de 2024, foi pedido urgência na tramitação do PL.


Expectativas para 2024

Você acompanhou os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo que aconteceram até fevereiro de 2024. Agora, chegou o momento de conferir as perspectivas para os próximos meses e as oportunidades que podem surgir no mercado.

Confira!


IA (inteligência artificial) segue em foco

A IA tende a ser uma força transformadora nos negócios de fusões e aquisições em 2024. Ela simplifica as operações, identifica alvos potenciais e automatiza tarefas de negociação. Nesse sentido, a GenAI (IA generativa) contribui com a produtividade e acelera atividades e processos.

Ademais, a IA cognitiva está auxiliando os participantes do mercado de M&A na análise e segmentação de negócio potenciais. Entretanto, o setor ainda enfrenta desafios, como a privacidade, direitos de propriedade intelectual, segurança e qualidade dos dados — e falta de regulamentação.


Olhares voltados ao setor da biotecnologia

O mercado de medicamentos oncológicos está aquecido graças à alta demanda, às patentes próximas do vencimento e à inovação em pesquisa e desenvolvimento de novos fármacos. Estima-se que o consumo mundial de medicamentos contra o câncer chegue a US$ 375 bilhões até 2027.


Por exemplo, a Johnson & Johnson anunciou interesse na aquisição da Ambrx Biopharma, desenvolvedora de medicamentos contra o câncer, por US$ 2 bilhões. No período, a Merck anunciou a compra de US$ 680 milhões da Harpoon Therapeutics, fortalecendo a sua posição na oncologia.


Ademais, muitas companhias do setor possuem reservas em caixa acumuladas durante a pandemia — e podem direcioná-las para novas aquisições. Assim, mesmo com o cenário desafiador de juros elevados, o segmento da biotecnologia se mantém atrativo para muitos participantes do mercado de M&A.


Neste boletim, você conferiu os fatos mais relevantes que envolvem a atividade de fusões e aquisições até fevereiro de 2024. Com a atualização quanto às tendências e o que esperar ao longo do ano, fica mais fácil se planejar para aproveitar eventuais oportunidades.


Precisa de uma assessoria financeira e de inovação para participar do mercado de M&A? Entre em contato com a nossa equipe!

Opmerkingen


bottom of page